Miku Hatsune



Hatsune Miku é uma vocaloid japonesa baseada na voz de Saki Fujita, é a primeira da série CV (Character Vocals / Personagens Vocais) e é a vocaloid responsável pelo boom do software.

História
Depois do lançamento de Meiko e Kaito a Crypton percebeu que o apelo do personagem estampado na box era grande ao público otaku. Para o próximo lançamento, e primeiro da empresa dentro de VOCALOID2, a Crypton planejou suas ações se voltando completamente para o mercado otaku. O ilustrador KEI foi contratado para fazer um design que remetesse a um sintetizador de voz. O design foi escolhido depois de um longo tempo, sendo baseado em sintetizadores e na própria interface do VOCALOID. O nome da nova personagem também foi planejado, ele significa primeiro som do futuro.
Em seu lançamento, no dia 31 de Agosto de 2007, Miku vendeu todas as unidades do estoque, sendo considerada um absoluto sucesso de vendas. Em seu ano inicial, Miku sozinha contabilizou cerca de 40,000 mil unidades vendidas.
Nos meses seguintes a seu lançamento o site NicoNico Douga se tornou o principal meio de divulgação de músicas que os usuários criavam utilizando a voz da Miku. Duas músicas iniciais foram responsáveis pelo sucesso dela no NicoNico: Miku Miku ni Shite Ageru e Ievan Polkka.
Depois de seu boom a Crypton foi obrigada a se re-estruturar para atender melhor ao público que utilizava seu software. Serviços como o KarenT e o Piapro foram criados para atender a essa necessidade.
Em 2010 Miku recebeu os primeiros “appends”, seis novos bancos de vozes completamente diferentes do original, chamados de: Dark, Sweet, Soft, Solid, Vivid e Light foram lançados. Embora a qualidade dos produtos tenha aumentado a venda do append não foi tão empolgante quanto a do voicebank original.
Durante o ano de 2011 foi anunciado que Miku ganharia um voicebank inglês, no momento ele está em desenvolvimento.

Merchandising
Hatsune Miku tem milhares de CDs, figures, nendoroids, figmas, pelúcias, chaveiros e qualquer coisa que se possa imaginar. O principal atrativo é a parceria entre a Crypton e a SEGA, resultando em diversos produtos promocionais, além de jogos e shows.


Games
A parceria entre a Sega e a Crypton foi firmada com o lançamento do game Project Diva, um game musical para PSP com algumas músicas da Miku, o objetivo do jogo é acertar os botões no mesmo ritmo da música.
Depois de alguns anos de desenvolvimento a SEGA já lançou mais de 5 jogos com VOCALOIDs para várias plataformas, incluindo 3DS, iPhone, PSP e PS3.
Além da SEGA existem jogos feitos por fãs, como Project Diva PC, que nada mais é que um hack de Project Diva adaptado para PC.

Shows
Além de jogos, a SEGA também promove shows ao vivo dos Cryptonloids. A principal estrela do show é a Miku, mas os outros produtos da companhia também aparecem. A estrutura do show é montada com um telão de vidro onde os hologramas são projetados. Estrutura similar utilizada em shows da banda Gorillaz.


Existem shows que não são feitos pela SEGA também, muitas vezes essas produções independentes começam de maneira caseira e acabam se tornando profissionais, como exemplo os shows de MMD confeccionados pelo grupo Vocalekt Visions.

Comerciais:
Hatsune Miku é a garota propaganda de algumas marcas no Japão e nos Estados Unidos. A colaboração mais conhecida é entre a Toyota, que utilizou a Miku para um comercial americano, mas ela também já fez comerciais para MSN Live, Google Chrome, Family Mart e LincEnglish.




Utilização Musical:
Miku possui um voicebank considerado mediano. Apesar de ser a vocaloid mais famosa, Miku tem um voicebank um tanto quanto problemático, saindo do pitch correto e apresentando um ataque muito grande e fraqueza na pronúncia das consonantes.
Muitos fãs consideram Miku a melhor e mais fácil vocaloid de ser utilizada e geralmente é a primeira compra de um vocaloid no Japão. Embora essa informação
Seja defasa e errônea, muitas pessoas ainda acreditam que nenhum voicebank lançado até hoje tenha superado a Miku em termos de qualidade.
Além dos problemas, Miku não tem resultados muito realistas. Isso foi corrigido com o lançamento do seu append. Graças a quantidade de voicebanks e diferentes expressões ela é adequada para quase todos os gêneros, sendo POP o gênero principal.

Recepção:
Ela foi muito bem recebida não só pelos otakus mas pelos músicos no geral, como a demanda do mercado de Idols é muito grande no Japão, a voz bonitinha junto a um avatar inocente fecham exatamente com o que o público espera de uma cantora.
Ainda hoje Hatsune Miku se mantém firme em sua popularidade, apesar de ter decaido nos últimos anos, ela ainda é quem recebe mais investimentos e quem mais tem aparições fora do seu propósito original.
Assim, com um bom investimento em sua imagem, é de se esperar que ela continue sendo vista como a representante oficial de vocaloid no mundo, embora outros vocaloids tenham seu espaço mais valorizado dentro do fandom.

Trivia
- Em outubro de 2009 buscadores como o Google e o Yahoo bloquearam todas as imagens da Miku de seus resultados por considerarem como spam.
- Miku aparece em diversos animes como Sayonara Zetsubou Sensei.
- Sound Horizon, uma banda japonesa, usou Hatsune Miku em um de seus CD, Saki Fujita narrou a história do CD.
- Miku não é a primeira vocaloid a aparecer em um show, embora ela seja a primeira a ter um show próprio, Miriam foi a estrela de um show realizado em 2004.
- Geralmente ela é confundida com a primeira vocaloid lançada por ter a tatuagem de 01 em seu braço, Com o tempo a própria media passou a reportar erroneamente essa informação.
- Miku foi enviada para o espaço na nave exploradora Akatsuki.
- Miku apareceu na Playboy japonesa junto com Yoshiki Risa







Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More